sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Carta de uma mulher ao Papai Noel

Querido Papai Noel.

Este ano estou escrevendo com antecedência, pois tenho percebido que organização não é seu forte e quero que o senhor tenha tempo de preparar tudo certinho.

Desculpe-me, mas este ano não tenho a menor intenção de ser humilde, pensar no próximo, ser caridosa etc. Vou pedir sem miséria, pois estou de saco cheio de ser delicada em meus pedidos e receber migalhas.

Abaixo, segue minha lista, e posso assegurar que muitas outras mulheres irão gostar, de modo que o senhor pode requisitar tudo no atacado para baratear os custos.

Vamos lá:

- Desejo que não haja limite nos cartões de crédito e que exista um código especial para fazer compras, de maneira que a fatura seja automaticamente zerada.

- Quero um homem de verdade, mas, fala sério, Papai Noel, não me traga imitações! Diga NÃO à pirataria! Chega de genéricos!

- Quero um dispositivo instalado no umbigo que jogue fora toda a gordura consumida, desinflando os pneuzinhos automaticamente.

- Quero também um aspirador gigante, com detector de canalhas, de modo que se algum deles se aproximar, seja imediatamente sugado, triturado e reduzido a pó.

- Não quero me depilar nunca mais! Ou o senhor faz a moda pedir pernas, axilas, buço e virilha cabeludas, ou suma de vez com todos os pelos indesejados de meu corpo.

- Quero um chocolate que elimine a celulite e hidrate a pele ao ser ingerido.

- Quero um serviço de manicure/pedicure definitivo, que dure para sempre, como se tivesse acabado de fazer.

- Meu marido, noivo, namorado ou ficante, deve adivinhar todos os meus desejos, e toda vez que se aproximar de mim deve dizer o quanto sou linda, inteligente e especial. Que me traga presentes e trate bem da minha família e ainda adivinhe quando for a hora de sumir, quando eu estiver sensível ou com TPM.

- Um presente ideal seria uma gravidez que durasse apenas dois dias e um parto indolor.

- Para o ciclo menstrual, vou ser camarada: peço que dure 2 horas.

Também gostaria de um botãozinho que eu pudesse apertar quando quisesse ser fértil.

- Quero roupas que sofram uma metamorfose de acordo com as tendências e as estações, com tecidos auto-limpantes e auto-passantes.

- Se um homem se atrever a me trair, ou estiver mentindo, que uma luz vermelha se acenda em seu nariz, como aquela sua rena, e que logo em seguida ele confesse tudo o que fez.

- Quero uns comprimidos que alterem automaticamente cor, comprimento e textura do cabelo, permitindo os mais variados penteados, que possam voltar ao normal no momento em que eu assim desejar.

- Vou pedir novamente um suprimento infinito de sapatos, bolsas, cosméticos e jóias, já que minhas solicitações anteriores foram esquecidas. E quero também um espaço auto-organizante, que acomode tudo automaticamente sem a minha presença.

- Vou pedir de novo: me mande um robozinho que limpe, lave, passe, cozinhe e toque música, que não falte ao serviço, não tenha folga semanal, não peça aumento e não acabe com o sabão em pó em uma semana.

- Bumbum, peitos e coxas, tudo com botõezinhos que inflem e desinflem segundo a ocasião, situação e minhas intenções.

- Que abdominais sejam coisas que possamos comprar prontas no supermercado.

- Quero 150 de QI e 50 de cintura, não o contrário!

Papai Noel, meu fofinho, espero que não seja muito complicado para o senhor atender minha listinha. Afinal, não estou fazendo nenhum pedido absurdo, não é mesmo?

Nós nos veremos no final de dezembro, mas se conseguir terminar tudo antes, ficarei imensamente grata.

Antecipadamente fico-lhe muito grata.

Com carinho,

Uma mulher

(desconheço autoria)

Postar um comentário

1 Comentários:

Anônimo 22 de dezembro de 2008 20:33  

eu adorei essa carta , muito show .

  © Blogando Novidades | Todos os direitos Reservados.

Voltar ao TOPO