terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Jesus Cristo não vai voltar à Terra fisicamente

Jesus Cristo não vai voltar à Terra fisicamente, afirma ‘Pai Joaquim’

Tudo no Universo tem uma finalidade. Deus não cria nada por criar, por gostar, por achar bonito. Tudo que Deus faz tem alguma finalidade.

A partir disso, lhe pergunto: para que Cristo teria que voltar a Terra fisicamente? Para passar ensinamentos? Leia a Bíblia, ele já ensinou tudo o que tinha para ensinar… Para julgar? Ele mesmo diz que não julga ninguém e sim o Pai… Então, insisto na pergunta: para que ele voltaria?

Outro aspecto. Se Cristo voltasse fisicamente, o que os humanos fariam? Com certeza iriam correndo onde ele estava… Para que? Para ouvir a mesma coisa que está na Bíblia… Ouvindo, como reagiriam? Como reagem aos ensinamentos bíblicos…

Só para lhe ilustrar vou contar uma passagem que ocorreu comigo, mas que é rotina em todos os lugares onde se pregam os ensinamentos do mestre. Afirmei em uma palestra que, para sermos cristãos, devemos oferecer a outra face para quem nos agride, física ou moralmente. Sabe o que uma pessoa que se diz evangelizadora (realiza palestras sobre doutrina espírita) me respondeu? “Ah, mas isso é muito difícil, é preciso ter muita coragem”. Seria assim que os humanos reagiriam quando ouvissem do próprio lábio de Cristo os ensinamentos que estão na Bíblia…

Portanto, a volta física de Cristo não teria utilidade nenhuma para a plêiade espiritual que encarna no planeta Terra. Ele ia ensinar as mesmas coisas que já ensinou e que a maioria dos ditos religiosos conhecem. Estes iriam reagir da mesma forma que reagem hoje: não subjugando os anseios materiais ao ensinamento.

Na verdade, os humanos anseiam pela volta física do Cristo apenas com suas verdades humanas. Eu lhe garanto que muitos iriam correndo até onde o mestre estivesse apenas para tirarem uma foto com ele e depois se vangloriar perto de seus semelhantes. Além disso, a humanidade também espera a volta física de Cristo para que ele faça milagres e com isso resolva seus problemas.

Os humanos esperam a volta física de Cristo para que, através de milagres, ele possa impor a paz entre as nações, por exemplo. Ele impôs quando veio da primeira vez? Ele se afirmou contra os romanos e acabou com a dominação deste império sobre os judeus? Então não fará isso agora, não é mesmo?

Esperam que ele acabe com a pobreza, extinga os sofrimentos… Ele fez isso quando veio a primeira vez ou a pobreza e os sofrimentos humanos continuaram existindo por todos estes séculos?

Na verdade, os humanos não conseguem resolver a sua vida – resolver no sentido espiritual, promover a reforma íntima – e ficam esperando que o mestre retorne fisicamente para que realize um milagre e eles possam, com isso, cumprir o objetivo da encarnação.

Como vimos, este retorno não teria sentido dentro do processo evolucional dos espíritos. Por isso Cristo, o espírito, não voltará. Agora, Cristo como descrito por João, o Evangelista, retornará.

João afirma que Cristo foi o verbo. O verbo é a ação de uma frase. Mas, o que é a “ação Cristo”? A prática do amor universal, o amar incondicionalmente a Deus e a todos… É esta ação que retornará ao planeta, mas isso só acontecerá porque uma nova etapa de encarnação se aproxima… .

Na verdade o espírito que a humanidade identifica como Cristo não está ausente do planeta, posto que ele até hoje comanda, logo abaixo de Deus, todos os acontecimentos deste orbe. O que realmente está ausente do planeta é a ação amorosa, a prática do amor universal e incondicional.

Não podemos interpretar os ensinamentos bíblicos ao pé da letra… Por exemplo: você já leu em Apocalipse a história do dragão que é jogado no inferno. Depois ele é libertado por mil anos para posteriormente ser jogado definitivamente no fogo ardente?

É claro que não se trata de um animal… Na verdade o dragão é o ego individualista que hoje os espíritos criam para suas provações. O exílio definitivo do dragão acontecerá com a volta de Cristo, ou seja, com a eliminação dos egos humanos do planeta Terra.

Por isso no Apocalipse se diz que o “novo” (Cristo) monta em seu cavalo e expulsa o dragão. Ou seja, a prática do amor universal e incondicional expulsa os egos humanos do planeta. Como este orbe não mais servirá de campo de trabalho para seres universais em provas e expiações, este tipo de ego não mais existirá.

Fonte: http://www.meeu.org/temasdiversos/

Postar um comentário

0 Comentários:

  © Blogando Novidades | Todos os direitos Reservados.

Voltar ao TOPO